DEFAULT

Braço De Boneca - João Nogueira - E Lá Vou Eu (Vinyl, LP, Album)

9 thoughts on “ Braço De Boneca - João Nogueira - E Lá Vou Eu (Vinyl, LP, Album) ”

  1. Revendo o passado Eu vejo deslumbrado o meu antigo casarão O pomar ao lado E o meu despertar ao som de um violão Junto da varanda Um braço de boneca se perdeu no jardim Assim como a minha infância um dia se perdeu em mim E aquela menina eu não vi jamais Perdeu-se nas curvas que o tempo faz Sumiu na distância mobília A Mudança partiu num velho caminhão Deixando a criança que eu fui.
  2. Boneca De Pano: Notícia De Jornal: Meu Nome É Ninguém: Eu E O Rio: Poema Do Adeus: E Lá Vou Eu: Bafo De Boca: Bares Da Cidade: As Forças Da Natureza: Batendo A Porta: (LP/) João Nogueira: Música(s) Nos Teus Olhos: Dois De Dezembro - Dia .
  3. Aug 31,  · Der brasilianische Sänger und Komponist João Nogueira wurde am November in Rio de Janeiro geboren und verstarb in seiner Geburtsstadt am 5. Juni Seine Karriere begründete er mit dem charakteristischen Swing seiner Samba-Kompositionen. Er war der Vater des ebenfalls Sängers und Komponisten Diogo Nogueira. Als Sohn des Rechtsanwalts und Musikers João Batista Nogueira .
  4. LP/CD E LÁ VOU EU Gravadora: Odeon Catálogo: SMOFB Ano: Artistas: João Nogueira. Compartilhar: Faixas. Voltar 1 E Lá Vou Eu Braço de Boneca (João Nogueira/Paulo César Pinheiro) 0 11 Gago Apaixonado 0 12 Eu Sei Portela (João Nogueira/Gisa.
  5. 01 – E lá vou eu 02 – Batendo a porta 03 – Sonho de bamba 04 – Meu canto sem paz 05 – De rosas e coisas amigas 06 – Eu hein, rosa! 07 – Do jeito que o rei mandou 08 – Partido rico 09 – Tempo a bessa 10 – Braço de boneca 11 – Gago apaixonado 12 – Eu sei portela.
  6. Neste mesmo ano foi convidado por João Nogueira a participar do disco "E lá vou eu", de João Nogueira, no qual atuou nas faixas "Braço de boneca" (João Nogueira e Paulo César Pinheiro) e "De rosas e coisas" (Ivor Lancellotti).
  7. E as vezes, algumas ‘reposições’ merecem uma ‘reedição’, daí demora mesmo. Tenho hoje para vocês um disco de João Nogueira. Mais precisamente o segundo álbum de sua carreira, lançado em pela Odeon. “E lá vou eu” é um álbum bacana, como todos os outros que ele gravou, mas que há muito andava sumido da praça.
  8. Revendo o passado Eu vejo deslumbrado o meu antigo casarão O pomar ao lado E o meu despertar ao som de um violão Junto da varanda Um braço de boneca se perdeu no jardim Assim como a minha infância um dia se perdeu em mim. E aquela menina eu não vi jamais Perdeu-se nas curvas que o tempo faz Sumiu na distância mobília A Mudança partiu num velho caminhão Deixando a criança que eu fui.
  9. Vendas sujeitas a análise e confirmação de dados. Magazine Luiza S/A - CNPJ: / Endereço: Rua Arnulfo de Lima, - Vila Santa Cruz, Franca/SP - CEP

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *